Notícias


Artesãos com precisão milimétrica

As suas mãos criam peças únicas, mas, em vez de serem exibidas num museu, o seu trabalho pode ser admirado diariamente nas ruas e nas estradas. Eles são responsáveis por criar os moldes das portas e capôs dos modelos da SEAT. O seu trabalho é alcançar a perfeição.
 
Um único molde para milhares de criações: para que a porta de uma viatura seja perfeita, ela deve ser criada num molde perfeito. Estes são moldes únicos que, por exemplo, dão vida a todas as portas da frente de um modelo. Se a matriz tiver uma imperfeição, esta será repetida em todos os veículos. Os fabricantes de moldes da Audi Tooling Barcelona, empresa parceira encarregada de os criar para a SEAT, garantem que isso nunca acontece.
 
2.550 toneladas de força polida por mãos de artesãos: antes do início da produção de veículos na linha de montagem, são feitas mais de 2.000 provas para corrigir até os mais pequenos defeitos que são impossíveis de medir. José Barba tem mais de 25 anos de experiência na criação de moldes: “É um trabalho muito meticuloso, que se aprende com a experiência.” Para verificar se as matrizes são perfeitas, uma impressora de 2.550 toneladas cria a primeira peça. É aí que começa o trabalho dos artesãos. A sua visão e o seu tato experientes são as chaves nesta primeira fase.
 
A luz é um recurso valioso: “Usamos os nossos sentidos e a experiência nos testes iniciais, mas, à medida que progredimos, devemos recorrer a outros métodos que nos ajudam a detectar pormenores visualmente imperceptíveis”, explica José Barba. Um túnel de luz com 5.000 luzes/ m2 é o seu melhor aliado. Qualquer desvio no reflexo projetado nas peças de teste mostram onde as correções devem ser feitas. Mais uma vez, as suas mãos começam a trabalhar na matriz. O seu trabalho não estará terminado até que o molde seja perfeito.
 
Pedras de polir e aprendizes: o trabalho de José Barba não se limita ao polimento manual das matrizes. Também modela futuros artesãos com a sua experiência. Nos últimos cinco anos, a Audi Tooling Barcelona utiliza o Dual Training combinando ensino teórico e formação prática para transmitir os seus conhecimentos aos alunos de último ano de ciclos educacionais e universitários. Jorge García, de 24 anos, está sob a orientação de José Barba há um ano. “Quando se chega, não se sabe nada. O trabalho é muito específico e só se aprende com horas de dedicação e um bom mentor. O importante é estar ansioso para aprender”, explica Jorge García.
 
Dois anos para alcançar a perfeição: a dedicação dada a cada matriz leva-os a passar quase dois anos em cada uma das peças, que são testadas continuamente após inúmeros processos de retificação e polimento. Isso continua até que estejam prontas para criar portas impecáveis. “Ver o trabalho terminado depois de tanto esforço é uma enorme satisfação. Enche-me de orgulho ver um novo modelo na estrada, sabendo que as suas peças são perfeitas e que o excelente resultado foi alcançado em parte graças às nossas mãos”, confessa José García. O seu aprendiz Jorge está a caminho de se tornar um mentor para novos alunos e em breve poderá experimentar a mesma satisfação que o seu próprio professor ao ver a sua criação a circular pelas ruas.
 
As matrizes num minuto:
 
-São moldes com os quais se cria cada peça individual de uma viatura nova.
-Há matrizes para portas, capôs, guarda-lamas, portas,...
-Para fabricar a carroçaria de um modelo, são necessárias uma média de 80 matrizes.
-Com cada uma podem moldar-se até 500.000 peças.
 

11-12-2019